COMO NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

porIan Robson

COMO NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Então você quer saber como não se importar com julgamentos? Nesse artigo eu vou falar tudo o que você vai precisar saber. Você vai aprender uma simples dica que vai ter fazer ver tudo de outra maneira.

 

VOCÊ SE INCOMODA COM A REAÇÃO DOS OUTROS?

Antes de qualquer mudança no interior você precisa olhar para dentro.

Você costuma ficar pensando no que os outros podem achar sobre você?

Quando anda na rua se sente desconfortável com alguns olhares?

Se você se identifica com isso é porquê se preocupa com julgamentos.

E isso é natural, mas principalmente é um sinal de timidez e problemas de autoconfiança.

 

TIMIDEZ E EGO

Não se importar com julgamentos é um dos maiores desafios para quem é tímido.

E se você é assim sabe bem como é.

A todo momento você se preocupa com o que os outros possam estar pensando a seu respeito e tem medo que seja algo ruim.

É aquela pulga atrás da orelha que sempre te lembra de quem tem algo a se preocupar em relação a outras pessoas.

Porquê a maior característica da timidez é o medo de reações negativas à você ou ao que faça.

E isso é expresso através do medo de se expor.

Já ouvi dizer que o maior medo de todo ser humano é o de ter que falar em público.

Sim, esse foi apontado como um medo maior que o da própria morte.

E também gente tímida se preocupa demais com a autoimagem.

Então a tendência de todo tímido é viver preocupado com o que seus conhecidos podem estar pensando dele.

E um erro fatal é que grande parte está sempre achando que todos pensam ou falam mal dele o tempo todo.

E como todos sabem isso é um traço de egocentrismo, o lado ruim do ego.

Ao contrário de alguém que tem o ego muito grande, você passa a achar que é o centro das atenções onde passa, de um modo negativo mal.

Sempre tem a crença de que todos querem fazer algum mal contra você, que se concentram na sua presença.

Quando na verdade muitas vezes não dão a mínima.

Por isso se você for tímido, saiba que ninguém está sempre tentando puxar o seu tapete ou estragar sua imagem.

 

AUTOCONFIANÇA

Por outro lado você pode não ser exatamente tímido, mas ainda não ter uma confiança inabalável.

Isso é uma brecha na sua segurança pessoal e abre as portas para preocupação com opiniões alheias.

Para não se preocupar com julgamentos você tem que ter uma forte confiança em si mesmo.

Ser seguro de si, ter crenças e valores fortes e saber do que é capaz são alguns elementos de pessoas autoconfiantes.

Você pode estar no caminho para isso e só precisa de mais alguns bons hábitos para se tornar indiferente ao que os outros pensam.

Para isso eu fiz esse artigo em que eu te ensino o básico para construir uma confiança forte -> Clique Aqui.

 

VOCÊ TEM O SEU VALOR

Você é um homem com princípios, crenças e valores definidos.

Não precisa provar nada à ninguém, e não deve nada à ninguém.

Então não tente provar o seu valor, só nunca esqueça que o tem.

Faça isso e só precisará de uma opinião para viver: A sua

 

ser um homem de valor no facebook

 

JULGAMENTOS ALHEIOS ATRAPALHAM SUA EVOLUÇÃO

Já parou para pensar em quantas coisas você já deixou de fazer por causa de alguma opinião negativa de outra pessoa?

Coisas que deixou de experimentar, lugares que deixou de ir, pessoas que deixou de conhecer…

Com certeza você já deixou de falar com alguma mulher por ouvir dos outros que era alguém ignorante.

Já evitou alimentos que eram conhecidos por “fazerem mal”, mas que sem que você soubesse que eram uma delícia.

E já está careca de saber que a maior parte da sociedade escolhe o que faz com base na opinião dos outros.

A faculdade que vai fazer, a carreira pra seguir e o estilo de vida para adotar.

Todos eles seguem a manada…

E se parar pra pensar agora vai lembrar que grande parte da sua vida foi baseada no que outras pessoas disseram.

Mas já parou pra pensar em quantas oportunidades já perdeu por causa disso?

Todos nós já evitamos fazer (várias) coisas por se preocupar com o que os outros iriam pensar.

E pessoalmente posso te dizer que me arrependo da grande maioria delas.

Deixar essa preocupação ditar como você vai levar a sua vida é prejudicial não só pro seu futuro mas principalmente pra sua autoestima.

Se permitir que isso te controle não vai ter mais a capacidade de decidir por você mesmo o que fazer em diante.

 

COMO NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Agora vou compartilhar com você a chave pra se livrar desse receio em relação ao julgamento alheio.

Ninguém gosta de ser julgado, é verdade, e nem se quer de pensar que possa estar sendo julgado.

Essa simples dica pode melhorar sua vida instantaneamente daqui em diante.

Pode parecer contraditória, mas depois de praticar vai ver o quanto ela é eficiente.

Não julgue os outros.

Simples assim, não julgue e não pensará que está sendo julgado.

Jesus mesmo já disse em Mateus 7.1: Não julgueis para que não sejais julgados.

No nosso cérebro existe uma noção de reciprocidade que nos faz achar que o que fazemos para os outros será automaticamente feito para nós em retorno.

Então se você costuma sempre tirar conclusões sobre tudo e todos vai sempre pensar que também fazem isso com você.

Mas sabia que o segredo pra acabar com isso é parar os próprios julgamentos sobre os outros?

Afinal… O quanto nós julgamos durante a vida? Muito não é?

Já pensou que esse tempo poderia ser investido em melhorar a si mesmo?

Nossos julgamentos são automáticos por questão de hábito, mas com um pouco da famosa consciência dá pra diminuir isso.

 

UM EXERCÍCIO PARA NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Toda vez que perceber que está julgando mude seu pensamento.

Quando andar na rua não julgue as pessoas que passarem por você e a sensação de julgamento some.

Use a sua presença, se ligue no momento, mas não fique divagando sobre as coisas que vê.

Silencie as vozes da mente que digam qualquer coisa sobre o que você está vendo.

Quando vir uma pessoa não a rotule (Bonita, feia, bem ou mal arrumada, parece rica ou pobre).

Isso é o pior do julgamento, e com esses pensamentos na cabeça vai logo achar que os outros possam te rotular também.

E não cabe a você avaliar ninguém assim como ninguém pode te avaliar.

É uma coisa difícil já que isso é automático, quando a gente percebe já está fazendo.

Então é primordial que você esteja determinado a se livrar desse hábito.

E também não ligue pro que podem pensar de você. Apenas seja você, do jeito que quiser ser.

Ninguém paga as suas contas então o que dizem não deve ter o poder de mudar você ou interferir com quem você é.

Não se importar com julgamentos é um grande desafio, maior ainda é não julgar!

O resultado? Vai sentir um peso saindo das suas costas e no lugar vai se sentir a vontade em qualquer lugar onde estiver.

 

Material Útil

Eu me baseei neste incrível vídeo do Coach Felipe Marx que foi o que me ajudou a me libertar dessa questão de julgamentos alheios e recomendo totalmente.

 

Outras leituras muito recomendadas são esses meus outros artigos que complementam perfeitamente o que eu falei aqui:

O Que Te Impede De Alcançar Seus Resultados

Como Se Tornar Realmente Confiante

Como Dominar Seu Ego

Como Ser Decidido

 

E o livro 13 Coisas que as pessoas mentalmente fortes não fazem de Amy Morin.

Lá ela aborda a fundo esse tema com exemplos de vida e de várias pessoas.

Sobre o Autor

Ian Robson administrator

Futuro publicitário e criador do projeto Valor de Homem para ajudar a todos os homens na jornada de se tornarem suas melhores versões, eliminando crenças limitantes e desenvolvendo uma verdadeira confiança.

Deixe uma resposta