Arquivo mensal agosto 2017

porIan Robson

APROVAÇÃO SOCIAL: SE VOCÊ QUER SER FELIZ SE LIVRE DISSO!

O post anterior foi sobre julgamentos alheios e eu não poderia falar disso sem citar a aprovação social, que é um dos pontos mais importantes e merece um artigo inteiro.

Então se você quer se livrar de um dos piores males que afetam a inteligência social de qualquer um não pode deixar de ler o que eu vou falar hoje.

 

A REALIDADE

Hoje em dia todo mundo quer dar opinião sobre tudo, e com isso muita gente acabou adotando ou abandonando vários hábitos guiados pelo que outros disseram.

Quando você faz isso está sendo guiado pela aprovação social.

O termo já diz por si só. É o que a sociedade aprova, bate palma ou evita e até denigre.

Sim, todos nós crescemos debaixo dessa doutrina.

Sim, todos são ensinados a não ir contra isso.

E sim, a verdade é que todos os que já foram bem sucedidos foram justamente contra a aprovação social.

Já reparou que todo mundo na história que se deu bem na vida foi contra o que a maioria pensava?

Se ver bem vai reparar que eles eram pelo menos diferentes do “normal”.

Os donos de grandes empresas foram contra a opinião popular de que não daria certo e ficaram milionários.

Grandes líderes não se prendiam a paradigmas e limitações da sociedade onde viviam.

E revolucionários fizeram seus nomes lutando justamente contra os padrões de onde vivam.

Ou seja, todos enfrentaram a aprovação social e venceram.

 

O MAL DA APROVAÇÃO SOCIAL

A aprovação social não existe só na sociedade em si, mas principalmente nos seus círculos mais próximos.

Você vai enfrentar pessoas próximas como seus melhores amigos e família para seguir a própria vontade.

Pensa nas famílias tradicionais, como aquelas típicas famílias inglesas.

É muito comum nessas famílias os pais planejarem a vida inteira dos filhos antes mesmo de nascerem.

O modo como vão agir, onde vão estudar, a carreira para seguir e as vezes até com quem vão se casar.

E qualquer coisa que queiram fazer diferente do que os pais já decidiram vai fazer com que enfrentem a aprovação social da família.

Em outras palavras, pra fazerem o que realmente querem terão que ir contra tudo o que já foi imposto à eles.

Quebrando todos os costumes, crenças e cultura definidos pelos familiares e correndo o risco de decepcionar a todos.

Mas nessa corda bamba eles tem duas escolhas:

Viver andando com a manada como todos os outros ou fazerem o que querem e enfrentar as consequências.

 

TUDO TEM UM PREÇO

Consequências?

Isso depende, TUDO tem consequências, tudo envolve riscos, então tudo tem um preço.

E quando se fala em aprovação social é essencial ter isso em mente.

Quando você faz o que te agrada, segue seus sonhos e corre atrás dos próprios objetivos, por mais que vá contra o gosto da sociedade…

Acaba saindo do que é considerado “certo” pela maioria e para de andar junto com o bando.

E por isso você VAI ser muito criticado, zombado, questionado e até pode perder alguns “amigos”.

Experimente passar uma semana inteira falando apenas a verdade nua e crua no melhor estilo Dr. House.

É bem provável que dois terços de quem te conhece corte os laços contigo. Mas nem por isso o que você disse deixa de ser verdade.

A verdade é que muita gente não gosta dos diferentes que lutam por algo diferente e com isso se destacam da maioria.

Seja por oura inveja ou simplesmente medo de fazerem isso sozinhos e por isso preferem viver nos “padrões”.

E essa é uma forma de expressarem sua inveja, através de ataques.

Que exemplo seria melhor que o mestre Jesus Cristo? Que foi crucificado por falar a verdade.

Sem medo ele pregava o que tinha como verdade e falava as próprias opiniões independente de agradar ou não aos outros.

Contrariava os padrões e não viva de acordo com a sociedade em que estava.

Chamava de hipócritas escribas e fariseus, e não temia os homens da lei.

Ele tinha em mente uma missão a cumprir e só se movia na direção do seu objetivo.

Por isso ele foi “punido”, e hoje sua palavra é a lei.

 

abandonar a aprovação social no facebook

É NECESSÁRIO CORAGEM

Você não vai ser exatamente um herói para os outros por seguir seus sonhos.

Você não precisa querer exatamente mudar o mundo para enfrentar aprovação social.

Ter uma opinião ou estilo de vida diferente da maioria já é o suficiente.

Se você quiser fazer alguma faculdade que não seja as mais conhecidas como “prósperas” como Direito, Engenharia ou Medicina…

Sempre vai ter alguém pra te criticar e dizer que “não vai ter futuro”, normalmente sua própria família.

Ou se quiser ser um empreendedor num mundo onde todos tem medo de correr riscos.

Vai encarar crítica de muitos que preferem viver trabalhando para os outros independente das dificuldades que isso cause.

Provavelmente vão te dizer que o certo seria fazer concurso público para ter “estabilidade”.

Mas quem tiver uma consciência elevada vai te entender e provavelmente te admirar

Pois para isso você tem que ter CORAGEM.

Dizem que essas pessoas são apenas 3% de toda a humanidade.

Os outros 97% são apenas os que seguem a multidão.

Mas também é público o conhecimento de que quem segue o gado acaba no matadouro.

Apenas pense que os que viveram seguindo os padrões acabaram trabalhando para alguém que não viveu.

 

FLÁVIO AUGUSTO DA SILVA, FUNDADOR DA WISE UP

Foi pobre e para abrir a empresa tomou decisões que ninguém chamaria de certas.

Ele levou bolo do amigo que entraria com o capital e pegou 20 mil reais em cheque especial para custear os materiais da escola de inglês.

Hoje é bilionário e dono do time Orlando City nos Estados Unidos tendo até o próprio estádio.

Tudo conquistado por seguir o que achava certo independente do que dissessem.

Normalmente alguém teria desistido e voltado para os meios normais, mas ele foi além e chegou ao topo.

No fim das contas quem aceita viver na média vai sempre estar na média.

 

SE QUISER SER FELIZ NÃO CORRA ATRÁS DA APROVAÇÃO SOCIAL

Ninguém disse que seria fácil ser feliz, é correndo atrás do que quer que se encara os maiores obstáculos.

E em muitos casos a aprovação social vai ser a maior pedra no seu caminho.

Quem tem coragem de enfrentar essa barreira, passa a ter à disposição o potencial de chegar onde quiser.

Lute para conquistar o que deseja, persiga seus sonhos, e não ligue para quem tentar te por para baixo.

Ignore as opiniões das pessoas, a maioria nunca se quer tentou o que você quer fazer.

Se for para pagar, pague pelos SEUS erros e não pelos erros dos outros.

Só você pode comandar sua vida.

Deixar que os outros interfiram com seus sonhos é o primeiro passo para viver um pesadelo.

Quem te critica hoje é quem vai te perguntar amanhã como você conseguiu.

 

Leia Mais:

Não Se Importar Com Julgamentos

13 Coisas Que As Pessoas Mentalmente Fortes Não Fazem

Como o Ego Influencia Sua Vida

Aumentar Seu Amor Próprio

porIan Robson

COMO NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Então você quer saber como não se importar com julgamentos? Nesse artigo eu vou falar tudo o que você vai precisar saber. Você vai aprender uma simples dica que vai ter fazer ver tudo de outra maneira.

 

VOCÊ SE INCOMODA COM A REAÇÃO DOS OUTROS?

Antes de qualquer mudança no interior você precisa olhar para dentro.

Você costuma ficar pensando no que os outros podem achar sobre você?

Quando anda na rua se sente desconfortável com alguns olhares?

Se você se identifica com isso é porquê se preocupa com julgamentos.

E isso é natural, mas principalmente é um sinal de timidez e problemas de autoconfiança.

 

TIMIDEZ E EGO

Não se importar com julgamentos é um dos maiores desafios para quem é tímido.

E se você é assim sabe bem como é.

A todo momento você se preocupa com o que os outros possam estar pensando a seu respeito e tem medo que seja algo ruim.

É aquela pulga atrás da orelha que sempre te lembra de quem tem algo a se preocupar em relação a outras pessoas.

Porquê a maior característica da timidez é o medo de reações negativas à você ou ao que faça.

E isso é expresso através do medo de se expor.

Já ouvi dizer que o maior medo de todo ser humano é o de ter que falar em público.

Sim, esse foi apontado como um medo maior que o da própria morte.

E também gente tímida se preocupa demais com a autoimagem.

Então a tendência de todo tímido é viver preocupado com o que seus conhecidos podem estar pensando dele.

E um erro fatal é que grande parte está sempre achando que todos pensam ou falam mal dele o tempo todo.

E como todos sabem isso é um traço de egocentrismo, o lado ruim do ego.

Ao contrário de alguém que tem o ego muito grande, você passa a achar que é o centro das atenções onde passa, de um modo negativo mal.

Sempre tem a crença de que todos querem fazer algum mal contra você, que se concentram na sua presença.

Quando na verdade muitas vezes não dão a mínima.

Por isso se você for tímido, saiba que ninguém está sempre tentando puxar o seu tapete ou estragar sua imagem.

 

AUTOCONFIANÇA

Por outro lado você pode não ser exatamente tímido, mas ainda não ter uma confiança inabalável.

Isso é uma brecha na sua segurança pessoal e abre as portas para preocupação com opiniões alheias.

Para não se preocupar com julgamentos você tem que ter uma forte confiança em si mesmo.

Ser seguro de si, ter crenças e valores fortes e saber do que é capaz são alguns elementos de pessoas autoconfiantes.

Você pode estar no caminho para isso e só precisa de mais alguns bons hábitos para se tornar indiferente ao que os outros pensam.

Para isso eu fiz esse artigo em que eu te ensino o básico para construir uma confiança forte -> Clique Aqui.

 

VOCÊ TEM O SEU VALOR

Você é um homem com princípios, crenças e valores definidos.

Não precisa provar nada à ninguém, e não deve nada à ninguém.

Então não tente provar o seu valor, só nunca esqueça que o tem.

Faça isso e só precisará de uma opinião para viver: A sua

 

ser um homem de valor no facebook

 

JULGAMENTOS ALHEIOS ATRAPALHAM SUA EVOLUÇÃO

Já parou para pensar em quantas coisas você já deixou de fazer por causa de alguma opinião negativa de outra pessoa?

Coisas que deixou de experimentar, lugares que deixou de ir, pessoas que deixou de conhecer…

Com certeza você já deixou de falar com alguma mulher por ouvir dos outros que era alguém ignorante.

Já evitou alimentos que eram conhecidos por “fazerem mal”, mas que sem que você soubesse que eram uma delícia.

E já está careca de saber que a maior parte da sociedade escolhe o que faz com base na opinião dos outros.

A faculdade que vai fazer, a carreira pra seguir e o estilo de vida para adotar.

Todos eles seguem a manada…

E se parar pra pensar agora vai lembrar que grande parte da sua vida foi baseada no que outras pessoas disseram.

Mas já parou pra pensar em quantas oportunidades já perdeu por causa disso?

Todos nós já evitamos fazer (várias) coisas por se preocupar com o que os outros iriam pensar.

E pessoalmente posso te dizer que me arrependo da grande maioria delas.

Deixar essa preocupação ditar como você vai levar a sua vida é prejudicial não só pro seu futuro mas principalmente pra sua autoestima.

Se permitir que isso te controle não vai ter mais a capacidade de decidir por você mesmo o que fazer em diante.

 

COMO NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Agora vou compartilhar com você a chave pra se livrar desse receio em relação ao julgamento alheio.

Ninguém gosta de ser julgado, é verdade, e nem se quer de pensar que possa estar sendo julgado.

Essa simples dica pode melhorar sua vida instantaneamente daqui em diante.

Pode parecer contraditória, mas depois de praticar vai ver o quanto ela é eficiente.

Não julgue os outros.

Simples assim, não julgue e não pensará que está sendo julgado.

Jesus mesmo já disse em Mateus 7.1: Não julgueis para que não sejais julgados.

No nosso cérebro existe uma noção de reciprocidade que nos faz achar que o que fazemos para os outros será automaticamente feito para nós em retorno.

Então se você costuma sempre tirar conclusões sobre tudo e todos vai sempre pensar que também fazem isso com você.

Mas sabia que o segredo pra acabar com isso é parar os próprios julgamentos sobre os outros?

Afinal… O quanto nós julgamos durante a vida? Muito não é?

Já pensou que esse tempo poderia ser investido em melhorar a si mesmo?

Nossos julgamentos são automáticos por questão de hábito, mas com um pouco da famosa consciência dá pra diminuir isso.

 

UM EXERCÍCIO PARA NÃO SE IMPORTAR COM JULGAMENTOS

Toda vez que perceber que está julgando mude seu pensamento.

Quando andar na rua não julgue as pessoas que passarem por você e a sensação de julgamento some.

Use a sua presença, se ligue no momento, mas não fique divagando sobre as coisas que vê.

Silencie as vozes da mente que digam qualquer coisa sobre o que você está vendo.

Quando vir uma pessoa não a rotule (Bonita, feia, bem ou mal arrumada, parece rica ou pobre).

Isso é o pior do julgamento, e com esses pensamentos na cabeça vai logo achar que os outros possam te rotular também.

E não cabe a você avaliar ninguém assim como ninguém pode te avaliar.

É uma coisa difícil já que isso é automático, quando a gente percebe já está fazendo.

Então é primordial que você esteja determinado a se livrar desse hábito.

E também não ligue pro que podem pensar de você. Apenas seja você, do jeito que quiser ser.

Ninguém paga as suas contas então o que dizem não deve ter o poder de mudar você ou interferir com quem você é.

Não se importar com julgamentos é um grande desafio, maior ainda é não julgar!

O resultado? Vai sentir um peso saindo das suas costas e no lugar vai se sentir a vontade em qualquer lugar onde estiver.

 

Material Útil

Eu me baseei neste incrível vídeo do Coach Felipe Marx que foi o que me ajudou a me libertar dessa questão de julgamentos alheios e recomendo totalmente.

 

Outras leituras muito recomendadas são esses meus outros artigos que complementam perfeitamente o que eu falei aqui:

O Que Te Impede De Alcançar Seus Resultados

Como Se Tornar Realmente Confiante

Como Dominar Seu Ego

Como Ser Decidido

 

E o livro 13 Coisas que as pessoas mentalmente fortes não fazem de Amy Morin.

Lá ela aborda a fundo esse tema com exemplos de vida e de várias pessoas.

porIan Robson

CRIAR EXPECTATIVAS TE PREJUDICA

Neste artigo você vai entender porquê criar expectativas te prejudica e impede que você mantenha o foco no que realmente te ajuda a crescer. E principalmente como evitar que isso aconteça e viver tranquilamente sem se preocupar com o que não deve.

Como criar expectativas te prejudica

A VERDADE SOBRE AS EXPECTATIVAS

Vamos ser sinceros, todo mundo tem expectativas. Seja sobre o dia atual, o emprego, a própria vida e principalmente sobre outras pessoas.

Mas agora pensa com você: Quantas vezes suas expectativas foram REALMENTE satisfeitas?

Muitas? Poucas? Raramente? Nenhuma? As duas últimas opções parecem as que mais aconteceram né?

Porquê é normal!

Todos nós criamos expectativas o tempo todo, sobre todas as coisas da nossa vida.

Mas também já tivemos toneladas de decepções na vida justamente por ter criado expectativas.

 

É UMA COISA NATURAL

Quando você tem desejos e sonhos, a tendência em criar expectativas é inevitável.

Você não escolhe fazer, e sim se pega já viajando há tempos nelas.

Assim não consegue ver que criar expectativas te prejudica e impede que você mantenha o foco no lugar certo.

E o problema é que as expectativas que criamos acabam ficando incabíveis.

Sonhamos com coisas irreais e acabamos acreditando que aquilo deveria acontecer.

As nossas vontades nos deixam meio cegos pra algumas coisas da realidade.

E o nosso cérebro nos engana pra pensar que aquele sonho faz parte da nossa vida.

 

OLHA ESSE EXEMPLO

Um cara na faculdade começa a gostar de uma colega.

Ele está doido pra chamar ela pra sair.

Mas enquanto junta coragem ele vive sonhando com os dois juntos se divertindo, saindo, namorando e algumas vezes até se casando.

Aquilo não é a realidade dele, mas o cérebro dele fica trazendo essa imaginação com frequência.

Então ele passa a achar que isso realmente vai acontecer se ele simplesmente chama-la pra sair.

Claro que se ele não fizer isso nada vai acontecer.

Mas as coisas não vão obrigatoriamente dar certinho desse jeito, só que ele já sonhou tanto com isso que acredita que isso obrigatoriamente VAI ser assim.

Ele já vai chegar nela acreditando tanto no melhor que nem por um momento considerou o outro lado.

Ela poderia ter namorado, não querer se relacionar com ninguém, sou simplesmente dizer não.

Só que as expectativas dele já estavam tão altas que ele simplesmente nem se quer chegou a achar que alguma dessas coisas pudesse acontecer.

Então se ela aceita, ótimo, só que mesmo assim nada garante que o resto dali pra frente aconteça do jeito que ele imaginou.

Porquê cada etapa do relacionamento dependeria da anterior e ele já sonhava com uma muito a frente da realidade dele.

Ele continua na balança das expectativas porquê desde o começo elas não foram realistas.

Então tudo o que viria seria uma chance de se decepcionar porquê não seria exatamente do jeito que ele já estava desejando internamente.

 

O PODER DA DECEPÇÃO

Por outro lado se ela rejeitar o cara, ele ficará destruído. Todas as expectativas dele vão por água abaixo, já que estavam nas nuvens e foram totalmente frustradas.

E isso pra ele pode ser “o fim do mundo”, ele pode cair em depressão, criar traumas e uma série de complexos por causa da intensidade do impacto emocional.

Decepção nada mais é do que o resultado de ter uma expectativa frustrada. E quanto maior a decepção, maiores as consequências para a pessoa que sente.

Quando você já teve aquela amiga por quem era apaixonado enquanto ela só queria amizade você se decepcionou ao encarar a realidade.

E provavelmente prometeu que não iria repetir isso.

Já aconteceu com todos nós.

E o lado amoroso é só um dos lugares onde isso pode acontecer com a gente.

Você já passou pela experiência de esperar uma resposta sobre alguma vaga de emprego depois da entrevista?

Claro né, e também nesse meio tempo já se imaginou trabalhando no cargo que queria, falando com os outros sobre ele e tudo mais?

Só que nem todas as vezes isso se tornou realidade não é? E a decepção foi inevitável.

Natural, todos já passamos por isso.

A questão é, já criamos grandes expectativas com a carreira e já tivemos decepções por isso.

Então dá pra ver que não é só relacionado às outras pessoas que criar expectativas te prejudica.

 

AS EXPECTATIVAS CERTAS

Todo mundo diz que a solução é não criar expectativas.

Sim, isso está certo.

Quando você não se deixa levar pelos desejos e mantém os pés no chão sobre as possibilidades se poupa de grandes decepções.

Enquanto que por outro lado se as coisas realmente dão certo você tem uma grande alegria, já que não esperava nada em especial.

Você não precisa ser frio sobre isso. Afinal, é impossível não criar expectativas sobre as coisas das nossas vidas.

Mas quando se pegar viajando e sonhando com como você espera que tudo aconteça PARE NA HORA.

Isso é criar expectativas.

Você tem que criar as expectativas realistas sobre as coisas.

 

ser um homem de valor no facebook

 

Você Só pode controlar UMA Coisa: Quando Criar Expectativas te Prejudica

Não espere ser bem tratado por alguém que você já sabe que é totalmente ignorante e mal educado.

Não faça tudo esperando que façam o mesmo por você na mesma proporção.

Não espere dos outros o que você faz por eles.

O importante é entender que não podemos controlar os outros.

Apenas a nós mesmos.

É impossível controlar como os outros vão agir com você ou reagir ao que você faz para eles.

Mas você pode controlar o que você vai esperar dessas situações.

Se o seu foco estiver no lugar certo você não se machuca.

Não crie expectativas surreais. De preferência nem crie.

Se mandar uma mensagem pra aquela mulher que você acabou de conhecer não espere que ela responda logo, ou mesmo que responda.

Se der bom dia para alguém não espere um sorriso.

Se falar com alguém que te interesse não espere ser bem recebido logo de cara.

Você só tem que fazer essas coisas se você quiser ou achar certo.

Você cumprimenta os outros porquê é educado.

Trata bem porquê sabe que é o certo.

E aborda as pessoas porquê quer conhece-las.

 

 

AFINAL… VOCÊ FAZ AS COISAS PELOS OUTROS OU POR VOCÊ?

Quando você faz pelos motivos certos, em outras palavras por você, simplesmente não se importa com o retorno. Ou seja, não cria expectativas.

Quem faz qualquer coisa para outra pessoa esperando alguma reação específica dela automaticamente se faz dependente da outra.

Se você faz isso, está pondo sua felicidade na reação da outra pessoa e não em você mesmo.

E é por isso que criar expectativas te prejudica.

Para isso a última dica: Desapego.

Ele é a chave para você se libertar disso.

Seja desapegado de resultados, seja independente deles.

Se preocupa com o processo e não com o resultado.

Assim você evita as decepções e aproveita o sucesso.

Estudou para uma prova e não passou ? Tenta de novo!

Tentou conquistar uma mulher e não conseguiu? Parte pra outra!

Tentou um emprego e não chamaram? Tenta outro!

Só não desista e não se prenda na ideia de como pode terminar, em vez disso foque no que VOCÊ pode fazer para dar certo.

Faça por você, faça por fazer, mas nunca faça pelos outros.

Isso não significa que você tenha que ser egocêntrico, mas sim que sua felicidade não pode estar nas mãos de mais ninguém além de você!

 

Até lá leia esses posts que ajudarão a complementar o que eu disse nesse artigo

Clique Abaixo:

Desapego nos Relacionamentos

Como aumentar seu amor próprio

Manter Seu Valor

E experimente ler o Livro O Poder do Agora onde você vai aprender a se forcar no presente em vez de viajar com o futuro e abrir sua mente.

→ Conheça aqui ←